segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Despedida da 8° serie

Soneto da separação

De repente do riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto.
De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama.

De repente, não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente.

Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
Vinícius de Moraes
http://www.pensador.info/p/mensagem_de_despedida_de_amigo/5/


Depois de ler o texto, reflita um pouco. Relembre o seu primeiro dia de aula na oitava serie... Pense em tudo que você passou com os seus amigos. No que vivenciou durante o ano todo. Lembre que no ano que vem às turmas irão se misturar. É... essas oitavas séries nunca existiram, mas as amizades (esperamos) irão continuar. Pense e reflita!!!


Criação: Rodrigo, Sidarta e Catherine

Dae 8ªB

Estamos no final do terceiro trimestre! Fim do ano chegando e as aulas acabando. Pelo que percebi há muita gente com baixas notas nas disciplinas. Ninguém quer repetir o ano, nem ver o melhor amigo para trás, certo?

Vamos lá... Você quer seu amigo junto a ti no primeiro ano e sabe que ele vai ficar em recuperação ajude-o nos estudos. Dê um toque para que ele comece (antes tarde do que mais tarde) a estudar. E claro, quem ficar em recuperação mexa-se! Procure ajuda, pois prova trimestral, bem como a final não é fácil! Não tem jeito: ESTUDE!

Quero ver todos passando de ano e juntos comemorarmos a formatura!
Até o primeiro ano galera.

Postado por Jhonata Henrique.

SUTIÃ PARA HOMENS

É... por incrível que pareça existe!!! Criada pela empresa Japonesa WishRoom, de vendas on-line. O sutiã masculino foi criado em novembro de 2008.

“O sutiã está disponível nas cores preta, rosa e branco, mas não é de fácil aceitação para todos os homens. A lingerie provocou fortes discussões na rede social Mixi, a principal do Japão. Cerca de oito mil usuários discutiam os méritos de os homens usarem uma peça íntima que "pertence" a mulheres.”

"Homens também querem entender os sentimentos das mulheres. E os motivos para isso podem ser os mais variados possíveis". Anúncio feito pela empresa para chamar atenção dos homens com a nova sensação.
http://g1.globo.com/Noticias/PlanetaBizarro/0,,MUL871929-6091,00.html

E aí? Interessante, né? Então deixe um comentário para ver o que achou!!!

criado por: Clara, Sidarta e Catherine.

Minas de Ouro





A galera que viajou para Minas Gerais teve a oportunidade de visitar duas antigas Minas de Ouro do século XVII. Uma em Ouro Preto, a “Santa Rita”, e a outra em Mariana, chamada “Mina da Passagem”. A primeira foi visitada no dia 1/10 e a outra em 2/10.
As minas de ouro naquela época eram muito importantes, pois estas representavam grande parte da economia da colônia brasileira. No início o ouro era encontrado no leito dos rios, recebendo a denominação de “ouro de aluvião”. Este foi descoberto, num primeiro momento, pelos bandeirantes vindos de São Paulo com a missão de explorar os sertões, descobrir minas e capturar nativos para a escravidão. Acabado o ouro no leito dos rios, as explorações passaram para as montanhas próximas.
A coroa portuguesa,como umas das formas de lucrar e controlar as minas da colônia, passou a cobrar impostos. Os donos das minas, assim, tinham que pagar 20% dos lucros quando da passagem do seu ouro pelas Casas de Fundição.
Algo interessante que aprendemos durante esta viagem, é que muitos dos proprietários das minas, tinham suas casas pintadas de cor azul e branca. Era comum que as casas das pessoas mais ricas tivessem estas cores. O azul significava a cor “azul” do sangue da família real, dos nobres... E por ser a cor do céu, onde, na religião católica, está Deus.
Quem trabalhava diariamente nas minas eram os escravos buscando ouro para seus senhores. O tempo de vida deles era muito curto. Por inalar a poeira das paredes, fazia com que eles ficarem com complicações nos pulmões, levando-os a morte. Os escravos tinham pouco tempo de vida, e sua média não passava de 25 anos.
No dia que visitamos a Mina de Santa Rita, em Ouro Preto, ficamos sabendo que ela pertencia a um rico proprietário de mina. Além dessa, ele possuía outras cinco. O guia da Mina era bem divertido! Ensinou-nos bastantes coisas, bem interessantes.

Já no dia seguinte, fomos conhecer em Mariana outra mina, a Mina da Passagem. Nela, descemos de carrinho até a mina, que ficava mais ou menos a 120 metros abaixo da terra. Essa Mina foi descoberta já no fim do processo de escravidão brasileira. Foi de trabalho assalariado. Foi uma mina que recolheu muito ouro. Era hábito, conforme nos informou o guia, que as mulheres não poderiam entrar na mina, diziam, pois, que davam azar. O monitor contou ainda que uma vez uma mulher entrou na mina e logo depois ela começou a apresentar problemas.

Entrar em minas onde há anos atrás vários escravos trabalhavam a procura de ouro para seus senhores, foi no mínimo super interessante e uma ótima experiência. Nós tivemos a oportunidade de caminhar em ruas originais, onde escravos, barões, pessoas importantes passaram; e conhecer mais da história de nosso país. As minas de ouro foram somente mais um dos capítulos da história de nosso Brasil.


Criado por: Maria Julia

África

A África é um continente cuja posição geográfica está cortada pelo Meridiano de Greenwich e pela Linha do Equador. Os países que hoje compõem o continente africano passaram por muitos conflitos para tornarem-se independentes, e muitos ainda sofrem com lutas internas. O processo de independência ocorreu em sua maioria há pouco tempo, por volta das décadas de 1950 à 70, pois antes eram colônias do Reino Unido, França, Portugal, Espanha, Bélgica, Itália e Alemanha.
A África, antes se tornar espaço de exploração colonial já apresentava uma grande diversidade, com várias culturas e múltiplos idiomas. No entanto, apesar do abuso exploratório a África continua sendo o lar de inumeráveis tribos, grupos étnicos e sociais. Alguns representam populações imensas constituídas de milhares de pessoas, outros são grupos menores de poucas centenas. Alguns países possuem mais de 20 diferentes grupos étnicos. Todas estas tribos e grupos possuem culturas que são diferentes e são a mais pura representação do mosaico da diversidade cultural africana.
Estas tribos e grupos étnico/social incluem os Afar, Éwés, Amhara, Árabes, Ashantis, Bacongos, Bambaras, Bembas, Berberes, Bobo, Bubis, Bosquímanos, Chewas, Dogons, Fangs, Fons, Fulas, Hútus, Ibos, Iorubás, Kykuyus, Masais, Mandingos, Pigmeus, Samburus, Senufos, Tuaregues, Tútsis, Wolofes, Zulus, dentre tantos outros.
Atualmente o continente tem cerca 900 milhões de pessoas, com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta ocupada por seus 53 países.
Apesar de a África ser um continente com uma grande diversidade cultural, ainda sofre muitos preconceitos, como o racismo. Precisamos deixar de lado uma visão esteriotipada sobre o continente africano, pois este como qualquer outro apesar de suas desigualdades e problemas sociais tem muito a nos mostrar e ensinar!

Postado por Clara K. Correia e Jhontata Nascimento.

domingo, 22 de novembro de 2009

Revolução Cubana

A revolução cubana aconteceu, entre outras coisas, devido a infelicidade das camadas mais pobres de Cuba (maioria da população), pois naquela época, antes do ano de 1959 Cuba vivia sobre uma forte influência estadounidense, ou seja, praticamente tudo era comandado pelos Estados Unidos, como a economia, a política e as empresas lá instaladas, e ainda tinha o problema das desigualdades sociais, e estes foram alguns dos motivos que parte dos cubanos decidiram agir e tentar uma revolução social.
A revolução foi liderada, entre outros, por Fidel Castro que era contra os Estados Unidos, enquanto estava exilado no México conseguiu reunir um grupo de guerrilheiros cuja pretensão era derrubar o governo de Fulgêncio Batista que tinha o apoio dos EUA. Em 1957 Fidel e seu grupo estavam escondidos nas florestas de Sierra Maestra. Houve muitos combates que levaram a morte de muitos guerrilheiros e suas prisões também, mas mesmo assim Fidel Castro, Ernesto Che Guevara e um pequeno grupo de guerrilheiros não desistiram e continuaram lutando e usando ondas de rádio para encorajar a população a juntarem-se a sua causa, levando as idéias revolucionárias à eles.
Com o apoio do povo, (pois muitos eram simples camponeses ou operários pobres já com raiva do atual governo, baixos salários, desemprego, analfabetismo e doenças) se juntaram à Fidel e Che Guevara aumentando a guerrilha e construindo manifestos em muitas cidades. Com as conquistas o governo sentia a derrota eminete e o fortalecimento da guerrilha.
Em janeiro de 1959 Fulgênio batista e integrantes do governo fugiram da ilha, pois Fidel a tomara junto com seus guerrilheiros. No poder Fidel implanta muitas medidas ajudando a população nacionalizando bancos, empresas, iniciando a reforma agrária, nun projeto de saúde para todos, bem como de educação, além de muitas outras melhorias para a população.
No contexto da Guerra Fria, Cuba acabou tornando-se aliada da União Soviética, contra o capitalismo. Hoje, Cuba é considerada o único país que mantém o tradicional socialismo e com a piora da saúde de Fidel em 2007, seu irmão Assumiu a presidência da ilha oficialmente em fevereiro de 2008.
REFERÊNCIAS: www.suapesquisa.com/historia/revoluçao_cubana.htm
em 09/11/2009

Postado por : Sidarta, Anabela , Catherine, Maria Júlia, Clara e rodrigo

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Pensamento Crítico

Você já parou pra pensar sobre como o mundo se transforma? As opiniões mudaram, conceitos mudaram, novas teorias e técnicas nasceram, velhos pensamentos foram deixados para traz, dando lugar a uma nova sociedade.
E tem sido assim, desde sempre, porque a cada ano que passa, são descobertas novas tecnologias, o mundo é transformado em todos os campos, seja na ciência, na arte, na filosofia, na educação, na economia, nos esportes, etc, e consequentemente são geradas novas formas de pensar e olhar o mundo, surgindo a partir dai, uma nova consciência. Mas, com tudo isso, que tipo de humanidade está sendo construída? Por exemplo, ao mesmo tempo que o celular é útil, estudos mostram que as ondas eletromagnéticas interferem no DNA do corpo humano, gerando mutações, o que mais tarde ocasionam possíveis doenças.
E o cuidado com a nossa terra, até que ponto esse equilibrio "homem/ natureza" está sendo respeitado? Diariamente vemos nos noticiários a devastação
cruel da Amazônia, milhões de hectares de florestas sendo cortadas para a plantação de soja, criação de gado, para a exportação da madeira nativa, etc. Em nome de que, de quem? Da ganância, do poder? É preciso urgentemente melhorar as fiscalizações de nossas florestas, exigir que os orgãos responsáveis por esas fiscalizações funcionem efetivamente, que o homem tenha consciencia e possa replantar as áreas devastadas.
Até quando o homem vai destruir, roubar, iludir, trapassear, até quando ele ficará transitando nessas falhas de personalidade? Quando ele se conscientizará que para haver a paz no mundo, para nos tornarmos cidadãos melhores e uma humanidade pacífica, amorosa, generosa, é preciso que a paz comece dentro dele mesmo!

Texto feito por: Anabela Beirith e Catherine Louise.

Revolução Francesa

A situação do povo francês no século XVIII era de extrema injustiça social, o país vivia sobre forma hierarquizada e absolutista (onde o Rei governava com poderes absolutos). A sociedade ficava dividida em três partes: primeiro estado, o clero, que tinha privilégios, além de não pagar impostos, o segundo estado, a nobreza, vivia com muito luxo, e o terceiro estado, o povo, tinha que arcar com todas as despesas do 1º e 2º estado, além de pagar impostos altíssimos.
A economia francesa também passava por uma crise, mais da metade da população trabalhava no campo, porém, vários fatores (clima, secas e inundações), pioravam ainda mais a situação da agricultura fazendo com que os preços subissem, e nas cidades e no campo, a população sofria com a fome e a miséria. Não havia uma democracia, pois os trabalhadores não podiam votar, nem mesmo dar opiniões na forma de governo. Os oposicionistas eram presos na Bastilha (prisão política da monarquia) ou condenados à guilhotina.
Com todos esses problemas sociais, que iam se agravando com o tempo, resultou-se em uma grande revolução contra o poder absolutista. Em 14 de julho de 1789, o povo invadiu a Bastilha, que mesmo com apenas 8 pressos, representou o fim do poder absolutista francês
A Revolução Francesa foi um importante marco na história moderna da nossa civilização. Significou a busca do fim do sistema absolutista e dos privilégios da nobreza. O povo acabou ganhando certa autonomia e seus direitos sociais passaram a ser respeitados. A vida dos trabalhadores urbanos e rurais melhorou significativamente.

Texto feito por: Anabela Beirith e Sidarta Almeida e Maria Júlia.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Capacidade do nosso cérebro

Tente ler esses pequenos texto:

O nosso cérebro é doido !!!
De aorcdo com uma peqs@@iusa

de u ma uinrvesriddae ignlsea,

não ipomtra em qaul odrem as

Lteras de uma plravaa etãso,

a úncia csioa iprotmatne é que

a piremria e útmlia Lteras etejasm

no lgaur crteo. O rseto pdoe ser

uma bçguana ttaol, que vcoê

anida pdoe ler sem pobrlmea.

Itso é poqrue nós não lmeos

cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa

cmoo um tdoo.

Sohw de bloa.


Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Você conseguiu ler? Isto mostra o quanto o nosso cérebro é eficaz. Não importa a ordem de como as letras então, mas sim a primeira e a última estarem nos lugares corretos, dessa forma, você consegue ler. Isso só é capaz por que o nosso cérebro esta familiarizado com essas palavras, mais se você pegar uma palavra que você nunca viu ai fica difícil. Um exemplo: Penunutmrmaicroscópiosilicavoneco
A palavra certa que esta acima é Pneumuntramicroscópiosilivocaneco
Então é isso. Nunca duvide da capacidade do nosso cérebro ou do corpo humano.


Criação: Rodrigo e Catherine

Jogo Geográfico

Teste seu QI geográfico no jogo de localizar os paises do mundo. É só entrar nesse site:

http://www.joaoleitao.com/viagens/2009/03/19/asia-jogo-geografia-teste-o-seu-qi-geografico-paises-da-asia/


Criação: Rodrigo

Muros Modernos

Por todo o mundo há questões sociais que geram conflitos. Um deles é a construção de barreiras físicas que visam impedir a livre circulação das pessoas.

Em alguns países como o Brasil, estão sendo construídos muros, com objetivos diversos. No Brasil está sendo construído um muro na favela do Rio de Janeiro, onde o governo diz que é para impedir a devastação da mata Atlântica e diminuir a habitação em áreas de risco.

A construção desse muro está gerando muita polêmica. Algumas pessoas estão falando que estão construindo esse muro para isolar os pobres do resto da população. Sendo levantada a opinião de que é uma razão repressiva, considerado um sistema de contenção de populações, que, além de caro e antiestético, violento e repreensivo, não vai dar resultado.

Outra construção é um muro na fronteira seca entre o México e os EUA para impedir a imigração ilegal dos mexicanos para os Estados Unidos, calcula-se em 500 mil anualmente. Mesmo os mexicanos correndo risco de vida ao fazer esse percurso para ingressar nos EUA, milhares fazem esta travessia perigosa com a esperança de conseguir melhorar de vida.

Enquanto países constroem muros, os quais são causadores de conflitos sociais e muita polêmica, o mundo comemora o aniversário de 20 anos da queda do muro de Berlim, que separou durante anos a Alemanha oriental da Alemanha ocidental. Esta divisão representava a supremacia de duas potências mundiais e, sua queda representou a conquista da liberdade política, econômica, social e cultural do povo alemão.

Em nossa vida encontramos muitas barreiras, elas não têm o tamanho e espaços geométricos de um muro, mas são grandes o bastante para nos causar medo. Ao enfrentá-las nos deparamos com muitos obstáculos. Vivemos numa sociedade desigual e muitas vezes cruel. Às vezes sentimos dificuldades até em sermos nós mesmos, aí aparecem as barreiras emocionais, que para a maioria das pessoas são mais difíceis de enfrentar do que as barreiras físicas.

O futuro também se transforma em barreira. Preocupamos-nos com o que nos espera lá na frente. Nosso sucesso ou fracasso vai depender de como lutaremos contra os obstáculos que irão aparecer ao longo do nosso caminho.










Por: Catherine, Sidarta e Rodrigo.