domingo, 25 de abril de 2010

Albinismo

Por Amanda,

Estava vendo uma reportagem na TV Record, e achei importante compartilhar com vocês todos o que eu assisti.

Mostravam pessoas albinas, pessoas albinas que nasciam de pessoas que não tinham nenhuma modificação genética. Mostrou uma mulher de 27 anos que já tinha casado antes e teve dois filhos que não eram albinos, depois essa mulher casou novamente e teve três filhos albinos, que por isso tinham a pele muito sensível ao sol, além de tudo a pele deles tem que ser bem cuidada, pois a pele deles sem nenhuma proteção ao sol pode gerar um câncer de pele e pode levar a vida.

Os olhos deles também são bem sensíveis ao sol, segundo o que o filho mais novo diz o sol faz com que os olhos deles fiquem ardidos, além de tudo os albinos não enxergam muito bem, por consequência do albinismo, eles tinham que se aproximar das coisas para poder ver com um pouco mais de nitidez, tanto para ler ou para escrever, tanto para ver televisão, eles tinham que se aproximar.

A família em evidência não tem uma condição financeira satisfatória, assim não tem dinheiro o suficiente para comprar os óculos para os filhos. Além disso ela tem que comprar um protetor solar de R$ 95,00 aproximadamente, para os filhos, cada protetor que ela usa dura aproximadamente duas semanas. Os filhos vão para escola a pé, no sol, mas vão de blusa comprida, protetor solar, boné ou chapéu.

O albinismo faz com que o corpo inteiro seja afetado. Fiquei chocada ao ver que também existem animais albinos, mostrou um local onde pessoas cuidavam desses animais albinos, havia uma cobra albina, um sapo que ficava num aquário, mas ele estava isolado, tinha também uma tartaruga. Eles pegaram esses animais para cuidar porque como eles tinham dificuldade de ver as coisas, eles poderiam servir de comida para outros animais.

A reportagem mostrou também um homem jovem que também era albino, e por falta de informações ele começou a ter câncer na pele, pois ele ia andar na rua sem nenhum tipo de proteção, agora ele tem feridas na pele, ele caminha na rua agora com um guarda-chuva e protetor solar. Ele vai ao hospital pegar protetores solares, pois é obrigatório da parte da saúde entregar aos albinos protetores solares. Esse homem está com câncer e nem sabe como pode ser operado, pois ele sofre por condições financeiras difíceis.

Isso fez com que eu chegasse a conclusão de que nós temos que cuidar da melhor forma possível das nossas peles, mesmo não tendo modificações genéticas em nossos corpos, passando creme de pele, protetor solar, usar chapéu ou boné, ir na sombra quando há sol. Existem vários tipo de prevenções para nós cuidarmos dos nossos corpos. Cuidar deles para depois não correr o risco de adoecer,

Espero que vocês fiquem atentos e cuidadosos com a saúde.

sábado, 24 de abril de 2010

A relação dos jovens com a humanidade

Por Heloísa,

Nas últimas aulas de português temos estudado sobre a relação dos jovens com a humanidade, como alguns seguem as regras ponta a ponta e tem medo de se expressar e como outros se aventuram achando que são invencíveis.

“Para derrotar o medo, alguns jovens acreditam ser imunes a qualquer perigo. Vestem a couraça da onipotência e põem em risco seu futuro e sua vida. Até que um dia descobrem porque não são imortais.” Essa frase de Flávio Gikovate serve para nós entendermos como é o universo de nós, jovens hoje em dia. Temos que ser fortes mesmo nos sentindo fracos, temos que ser independentes mesmo nos sentindo inseguros, ás vezes não sabemos se preferimos ir jogar futebol com os amigos ou sair com aquela menina tão linda, ou então brincar com bonecas sair com aquele menino gato da balada.

Nos sentimos perdidos nesse mundo, então para sair dessa insegurança nos vestimos como nossos super-heróis achando que podemos fazer tudo que queremos na hora que queremos sem pensar nas consequências, e assim o jovem se sente onipotente.
De acordo com Flávio o jovem cai em “estado de graça”, ele acha que pode dirigir um carro na mais alta velocidade depois de ter bebido numa festa ou ter relações sexuais sem camisinha, pois acha que é imune a AIDS.

Isso geralmente acontece por falta de maturidade e às vezes de diálogo, pois a maioria de nós, jovens, fazemos tudo isso para não encarar a realidade, na qual nos sentimos perdidos e desorientados .Nós, jovens só saímos do “estado de graça” geralmente quando algo acontece... Valéria Piassa Polizzi, autora do livro “Depois daquela viajem” é um vivo exemplo, pois no livro ela conta como contraiu o vírus da AIDS por não usar camisinha na hora da relação sexual e como teve que aprender a viver com ela. Existem também exemplos disso em toda sociedade, todos os dias passam nos jornais, manchetes de jovens morrendo por dirigirem bêbados ou por andarem nas ruas sozinhos a noite achando que não acontecera nada de ruim.

Quando os jovens “caem na real” e se dão conta que não são invencíveis, não podem desistir de tentar, terão que aprender a cair e se levantar e principalmente ter respeito a sua própria vida.
“... e o que é mais importante terão de enfrentar com serenidade e plena consciência de que são vulneráveis. Este é um dos ingredientes da maturidade: ter serenidade na viagem da vida, mesmo sabendo que tudo pode nos acontecer.”

E vocês jovens que estão lendo este texto agora...se consideram onipotentes?
Reflitam sobre isso.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Descobrindo o Brasil... Porto Alegre

Por Luise,

Oi gente,

Voltei hoje de viagem e trago algumas dicas de lugares legais para conhecer no caminho para
Porto Alegre.

Um exemplo é a paisagem das Hélices, no município de Osório. Estas hélices provavelmente serão uma das formas de obter energia elétrica num futuro próximo, sendo que este método é muito utilizado na Europa, pois este modo de produção é ecológico e muito eficiente, sendo que a Dinamarca acabou de lançar a Hélice de seis giga, que pode abastecer uma cidade pequena, ou seja,s erá uma forma de produção muito usada no futuro.




Outro lugar legal para ver em Porto Alegre é o Museu de Ciências e Tecnologia(PUCRS). Ele ensina de forma interativa sobre corpo hhumano, astronomia, animais, biodiversidade, física, química....Tem de tudo!!!




Uma experiência legal para quem tem cabelo crespo é ir neste show, que também podemos encontrar na Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão - SEPEX, aqui na UFSC , mas mesmo assim é uma experiência bem legal, olha como o cabelo fica:



Outro setor legal para visitar é o dos desastres naturais. A foto mostra uma maquete de vulcão.



Bem,estas são as dicas que dou para quando você ir para Porto Alegre, e agora repasso algumas orientações: No museu tem que pagar ingresso, funciona de terca-feira a domingo das 9h às 17h, tem um show em 3d, sobre o corpo humano, que custa dois reais. As hélices são ao ar livre, só tem que prestar atenção, mas não dá para subir sem autorização.

Bem,vá e aproveite!!!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Mês de Abrill

Por Grazielly e Mariana

Este mês comemoramos duas datas importantes: dia 19 e 22. No dia 19 é comemorado o dia do índio, que foram os primeiros habitantes do Brasil. E no dia 22 celebra-se a chegada dos portugueses no Brasil.
Muitos não sabem, ou não lembram datas importantes como estas, que são essenciais para entendermos melhor nossa cultura. Então decidimos falar um pouco sobre os índios e os portugueses.


Índios
O nome índio é dado a todos que são descendentes de alguma comunidade pré-colombiana, que existiam antes da chegada de Cristóvão Colombo à América. Receberam esse nome por engano dos portugueses, que achavam que estavam nas Índias e na verdade estavam no Brasil. No Brasil existem aproximadamente 600 mil indígenas distribuídos por 227 povos diferentes.




Portugueses

Em 22 de abril de 1500 chegaram ao Brasil as caravelas comandadas por Pedro Álvares Cabral, dia que é conhecido como o "descobrimento do Brasil". Não concordamos muito com o termo "descobrimento", pois carrega muito preconceito. Dá a impressão que o Brasil nasceu nesse dia, é como se os indígenas não fossem pessoas. Na primeira vez que os indígenas viram os portugueses acharam que eles eram seres especiais enviados pelos deuses, enquanto os portugueses viam nos índios pessoas primitivas e sem cultura.

Apenas no ano de 1530 que os portugueses passaram a ter interesse nessas terras, através de uma expedição organizada por Martin Afonso de Souza, devido ao medo de perder as terras para os franceses, holandeses e ingleses.



créditos das fotos:

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Colonização e descolonização

Por prof. José Carlos

Com base nas discussões em aula, faça uma análise crítica do vídeo que segue.




Visualizing empires decline from Pedro M Cruz on Vimeo.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Dia Mundial da Saúde

Por Luise
Oi gente,

Hoje os professores de Educação Física informaram que por trimestre temos que trazer uma notícia interessante, e já encontrei uma. Esta notícia fala sobre o fato de hoje, dia 07/04, ser o dia Mundial da Saúde e houve algumas discussões sobre alguns fatos, como por exemplo, o Nordeste ser a região que apresenta a menor expectativa de vida, mas também apresenta maior crescimento nos índices de longevidade, indicando que a qualidade de vida lá é melhor. Ou seja, precisamos ir com calma ler notícias sobre problemas no Brasil, pois nem tudo é ruim ou insatisfatório.

O link da notícia é:
http://yahoo.minhavida.com.br/conteudo/11129-Dia-da-Saude-discute-efeitos-da-urbanizacao-sobre-a-qualidade-de-vida.htm

Até mais galera!

domingo, 4 de abril de 2010

Uso da terra

Camila Eller


Oi Gente!

Então, como a Luise falou em outra postagem, a oitava série não vai ser fácil.
Bem, estamos estudando a questão do uso da terra, e no próprio dia-a-dia percebemos que a terra está sendo mal utilizada, ou melhor, mal tratada. O Galera a terra pode nos trazer tantas coisas, para que fazer isso?
Tivemos um debate bem interessante na aula de história, sobre a má distribuição de terras que ocorre no Brasil. É por causa disso que ocorrem tantos conflfitos no processo de “invasão”, por parte de integrantes do Movimentro dos Trabalhadoes Rurais Sem Terra - MST. Vejamos:

O grupo do MST percebe que tem uma terra sem utilização:

Quando eles percebem que tem uma terra em que o dono quase não vai ao local e também não faz uma boa utilização desta terra, eles se apropriam de uma parte deste local para ficar acampado, mas eles não podem fazer suas plantações naquela propriedade:


Bem, e o resto é fácil, o dono do local descobre, não gosta, faz a denúncia, ai começa a briga, e vai para a justiça, que faz suas decisões.

Eu achei bem interessante este debate na aula, porque a questão do MST é muito mal vista , pois a maioria das pessoas vêem o MST como pessoas invasoras, mas ninguém se interessa pelo lado deles, digo, quase ninguém.

Bom, galera reflitam sobre isso!
Beiijooos, até mais!


sexta-feira, 2 de abril de 2010

Pulseirinhas do sexo II

Por Grazielly,Heloísa e Mariana

Comentamos na semana passada sobre as pulseirinhas do sexo, e na quarta-feira dia 31 de março de 2010, essas pulseiras levaram uma menina de 13 anos a ser estuprada por quatro pessoas em Londrina, Norte do Paraná.Três dos agressores eram menores de idade e o outro já tem 18 anos. Por causa da gravidade do caso, o juiz da Vara da Infância e Juventude de Londrina, proibiu dia primeiro de abril a venda das pulseiras na cidade. A vítima e três dos autores tinham se conhecido no dia 14 no mesmo lugar, quando ela saía da escola e esperava o ônibus para voltar para casa.

No dia seguinte, um deles chegou até a adolescente e arrebentou a pulseira preta, que significa sexo. "Ficou muito claro que a motivação foi o uso da pulseira, porque eles não tinham laço de amizade", afirmou o delegado. "Ela disse que, depois que arrebentou, eles pressionaram que ela teria que fazer e ela se sentiu constrangida e os acompanhou até a casa de um deles."


Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/s/31032010/25/manchetes-menina-13-anos-estuprada-causa.html

Posse e propriedade

por Heloísa e Matheus

Hoje em dia, vivemos em um mundo capitalista onde tudo se compra (imóveis, veículos, roupas etc.) Por isso nossa sociedade recebe de estudiosos o nome de sociedade de consumo. Em diferentes sociedades, há a ideia de que todos somos donos de algo, assim ninguém pode utilizar sem a autorização.
Quando possuímos algo, seja de um objeto pequeno ou um carro, denominamos como propriedade. Também somos proprietários de nossas decisões que formam nossa vida e até as de outras pessoas, foi assim muitos anos atrás com a escravidão onde pessoas eram propriedades de outras. Hoje em dia, existe muita desigualdade social onde muitas pessoas não tem possibilidade de adquirir, se tornar donas de algo, já outras conseguem ser donas de muitas propriedades, o que pode significar riqueza.
Agora, você sabia que propriedade e posse não são a mesma coisa? Sabe qual é a diferença entre elas? Bom, nós também não sabíamos até que nossa professora de história Marise, nos explicou. Propriedade como já vimos, é quando alguém é dono de algo, já a posse é quando alguém aluga um imóvel, por exemplo, tendo temporariamente o direito de ocupá-lo em troca de um pagamento, ganhando o direito de uso, tudo isso deve estar em um contrato alem das condições e do prazo, outro exemplo é o proprietário que pode ceder terras a um meeiro e como forma de pagamento ele pode dar parte do rendimento que tiver naquela terra.
Propriedades como automóveis, empresas, aviões são legalizadas por registro público, por isso manda-se um documento reconhecendo a propriedade legal.
E você já pensou nas conseqüências de ter uma sociedade tão consumista?
Fonte:
- História Temática Terra e Propriedade, Montellato . Cabrini . Catelli

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Pulseirinhas do sexo: uma reflexão

Por Grazielly

As famosas pulseiras de silicone são febre entre os adolescentes, todas têm um significado, que vai de um abraço até uma relação sexual. Essa moda veio da Inglaterra, e foi se espalhando no mundo todo.

Em muitas escolas da rede pública e até mesmo nas particulares, foi proibido o uso, pois muitos estavam levando a sério e forçando o adolescente a fazer o que a pulseira indicava.

Achamos que essa brincadeira não deveria ser levada a sério, porque muitas doenças são transmitidas, como a AIDS e temos que nos respeitar.

Muitos pais também são contra ao uso, porque influência o adolescente a vida adulta precocemente e de forma irresponsável.

Sociedade dos Poetas Mortos

Por Luise

Oi gente, hoje vou falar sobre o filme que vimos em Língua Portuguesa, "Sociedade dos Poetas Mortos", que conta a história de um grupo de amigos e um professor que ensina diferente, causando conflitos entre família e escola. Após o filme, vamos fazer uma atividade. A moral da história é: Aproveite o dia!

Dá um motivo para agradecermos a nossa liberdade atual.
Bem, até a próxima.