terça-feira, 27 de julho de 2010

Combate ao tráfico de drogas - análise de artigo

por Luise,

Pois é, gente, eu estava olhando um jornal e vi uma matéria relacionada com drogas, e como estavámos trabalhando em Ciências sobre este tema, decidi falar sobre a nova arma da Polícia Federal contra as drogas.

A matéria fala que a P.F (Polícia Federal) tem uma nova arma contra o tráfico de drogas: analisando as drogas “apreendidas” , será possível fazer relações entre os produtores de narcóticos(ou drogas). Explicando: eles conseguem a “receita” do narcótico (cocaína é um narcótico, ou droga), e seus “ingredientes”. A partir disto identifica-se “propriedades naturais”, “produtos químicos”usados para refino e os adicionados que batizam a droga, ou seja, os “ingredientes” que fazem você cair em coma, no caso do “Boa Noite Cinderela”.

Com este DNA da droga analisada, eles conseguem a procedência da substância. Se compararem, há possibilidade de caracterizar especificamente o refino e o plantio, o que indica a origem.
Você deve estar pensando: como isso pode ajudar? Excelente pergunta! Se alguma pessoa for pega com uma quantidade (mesma que pequena) de cocaína, “se ela tiver o mesmo perfil químico de uma apreensão em grande escala”, a pessoa será severamente punida, pois essa pessoa seria “responsável por mais um crime” e “por associação com outro traficante”, como bem explicou Adriano Otávio Maldaner, chefe de laboratório e perito criminal federal.

Com tudo isso, eu concluo: esse “ mundo das drogas” não vale a pena, só pode te jogar em um buraco, que quanto mais fundo você cava, mais difícil fica de sair. Por isso, não entre nesse mundo, de jeito nenhum!
Até mais!

Fonte:
http://www.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a2980413.xml&template=3898.dwt&edition=15147&section=1001

Nenhum comentário:

Postar um comentário