sábado, 17 de julho de 2010

Iniciação Científica na Escola...

por Carolina Scherer e Ariel,

Olá pessoal,
Viemos aqui falar sobre uma disciplina nova que entrou esse ano em nosso currículo e está nos proporcionando novas experiências. Alguns não entenderam bem ainda o objetivo dessa proposta, o que exatamente ela nos trás e para quê estamos a tendo
Nos dois últimos períodos de todas as segundas-feiras temos aula de iniciação científica, uma aula interdisciplinar que tem por objetivo explicar conteúdos em conjunto auxiliando o estudante a compreender as ciências de forma integrada e não separadas como normalmente são ensinadas.
A cada trimestre que passar vamos ter entre 1 e 2 notas de IC, que serão para todas as matérias envolvidas, a matéria iniciação científica está ali principalmente para nos ajudar a compreender a relação com a construção do conhecimento ,com o desenvolvimento de uma pesquisa.
Está matéria esta dividida em dois tipos de aula, formação do leitor, que seria um trabalho de fortalecimento de ensino aos alunos para criar textos, montar entrevistas, interpretar textos, ou matérias. E as aulas de orientação, aquela em que os grupos de trabalho se reúnem e discutem a respeito do seu tema, montando seu projeto e desenvolvendo sua pesquisa sob a orientação de um determinado professor, as aulas vão revezando de semana em semana.
Essas aulas não podem ser atoas né? Há 11 anos as turmas de 8ª série do Colégio de Aplicação, participam de um projeto, chamado Pés na Estrada do Conhecimento, que é dividido em duas etapas, primeiramente uma viagem aos Assentamentos Vitória da Conquista e União da Vitória, que fazem parte do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST, localizados em Fraiburgo-SC, que tem por objetivo nos mostrar como é a realidade dos assentados, ver o lado deles e o jeito como eles vivem. Este momento tem como objetivo nos auxiliar a desenvolver nossos projetos de pesquisa e consequentemente conhecer a realidade de um assentamento.
Uma segunda etapa em direção as cidades históricas de Minas Gerais, Ouro Preto, São João Del Rey, Tiradentes e Mariana, onde vamos conhecer o espaço minerador que no século XVII foi o centro econômico e político do nosso país, fazendo ligação com o que aprendemos em nossas aulas . Com relação a essa viagem os alunos têm um trabalho de pesquisa feito para mostrar tudo o que conseguiram aprender com a viagem e com pesquisas feitas em Florianópolis, por isso é importante estar bem informado e ter em mente que não são viagens para passeio, e sim para ESTUDO!
Esse projeto pode ajudar muito a todos, afinal, é só se esforçar um pouquinho para poder tirar boas notas, quem não se esforça nem um pouquinho, acaba se dando mal no final. Além disso, é bom alertar os alunos que esse ano é mais importante pra entrar com chave de ouro no ensino médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário