sábado, 24 de julho de 2010

Pâncreas, Diabetes Mellitos

por Thayná,



Através deste poema queremos mostrar a vocês leitores, um pouco, sem muitos detalhes, sobre a doença Diabetes Mellitos, que atinge o Pâncreas. Foi um poema feito em sala, durante uma das aulas de ciências dos estagiários, que por sinal foram todas muito divertidas. E agora divirtam-se com nosso poema.


Sinto-me doce
As abelhas me rodeiam
Quando meu sangue fica exposto
Vejo as formigas em mim
Sinto essa minha doçura se transformar

Em energia, e por isso gasto muito ela com exercícios
Mas infelizmente meu pâncreas não colaborou comigo
E acabou me magoando
E me deixou com diabete Mellitus,
Sabe o que ele fez?


Ele produziu em demasia a insulina ou então deixou de produzi-la,
Percebi isso quando me senti fraca ao fazer exercícios, quando lia livros e minha visão ficava borrada,ou quando sentia uma imensa sede e até mesmo perda de peso, e liberava glicose pela urina


Quando eu fico sem comer meu glucagonzinho libera glicose assim me deixando animada
Mas que eu fiz pra ficar com diabete Mellitus?
Eu comi uns chocolates,balas e chicletes,foi meu organismo que não ajudou
E agora me despeço de vocês e de uma vida sem doçuras.


Tchau,beijos

Um comentário:

  1. essa doeça silenciosa que atinge muita gente,não sei como adquiri,sei que hoje não sou a mesma,tento fingir pra mim mesma que tudo isso não existe mas so quando faço exames é que vejo o perigo.sei que meu tempo está acabando e aos poucos vou partindo sabendo que não é vontade do pai e sim a desobidiência a ele.

    ResponderExcluir