sábado, 18 de setembro de 2010

As pessoas tem enfarte ou infarto?

por Kamille,

Ambas as palavras estão corretas, mesmo a preferência sendo infarto. Enfarte por que é crise cardíaca, e infarto, o termo mais comum usado pelos médicos e por nós, significa ataque do coração.

E por que isso acontece?

Acontece devido à falta de sangue no músculo cardíaco, isso só quando uma artéria coronária está apertada ou entupida parcialmente ou completamente, e essa falta no sangue pode acontecer de diversas maneiras, um exemplo é quando a gordura vai se acumulando nas paredes da artéria, e com o passar do tempo se essa artéria tem algum estresse, acaba entupindo a artéria completamente, fazendo acontecer um infarto.

Quais são os sintomas?

O principal sintoma são dores muito fortes no peito, onde se espalha para os ombros, pescoço ou braços. E quando isso acontece, temos que logo chamar alguém que possa ajudar, antes que qualquer coisa grave aconteça. Além desse sintoma, há também o sinal de tonturas, suor, náusea, respiração curta, falta de ar e sensação de plenitude gástrica.

Mas nem sempre esses sintomas acontecem em cada ataque, as vezes vem e voltam. E foi comprovado através de uma pesquisa em 1600 hospitais americanos, que de três pessoas, uma não sente o sintoma de dor.

Como nos prevenimos?

Para se prevenir de qualquer ataque cardíaco, basta não comer alimentos muito gordurosos ou com muita glicose, pois são a gordura e a glicose que entopem nossas artérias e elas também aumentam nosso colesterol que ajuda a entupir nossas artérias. Como dizem: "nós somos o que comemos".

É bom sempre medir o nível de pressão arterial e colesterol, e também praticar exercícios físicos. Fumantes têm mais chances de ter um infarto que uma pessoa que não fuma, pois acelera o desenvolvimento da aterosclerose, que danifica as paredes das artérias. E a ingestão de álcool e café faz muito mal ao nosso organismo, assim como o estresse.

Como sabemos se temos chances de ter um ataque cardíaco ou não? Um simples teste de sangue pode revelar os riscos que temos em relação a essa doença.

Temos que tomar cuidado com o que ingerimos e saber pesquisar mais sobre os riscos que temos de vida, além de ter a preocupação com o nosso organismo. Ajude a diminuir o índice de mortalidade, ajude a você e sua saúde!


Fontes:

http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?300

http://boasaude.uol.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=3953&ReturnCatID=357

Créditos da imagem:

http://4.bp.blogspot.com/_-3f0y70803g/ShiBSDx9vrI/AAAAAAAAACo/PswT22mJrAU/s320/infarto.jpg


Nenhum comentário:

Postar um comentário