segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Baleia encalha no litoral de Santa Catarina. Qual a melhor escolha?

por Andressa,


Essa semana li uma reportagem que me chamou muita atenção. Ela falava sobre uma baleia Franca encalhada no litoral de Santa Catarina, mais especificamente em Laguna.
A baleia encalhou na terça feira (7/9), e por circunstâncias de posição que ela se encontrava e até de saúde do animal, seria impossível seu deslocamento de volta para o mar, pois ela não resistiria.

Foi ai que começou uma discussão, sobre qual seria o melhor modo de fazer com que a baleia não sofresse. Então constataram que a escolha certa seria sedar o animal para procedimento de eutanásia (Morte sem dor nem sofrimento).

A primeira aplicação do medicamento aconteceu no dia 10/9, sexta-feira, mas o que ninguém esperava era que a baleia resistiria à medicação e continuaria viva. E foi exatamente o que aconteceu, e a baleia continua a sofrer. Segundo ao site da emissora Globo, uma nova reunião, com médicos, veterinários, e representantes de instituições, foi realizada na manha da terça-feira (13/9), para definir a realização da nova eutanásia.

O que me incomoda é o fato de imaginar se realmente essa foi a melhor saída que encontraram para a baleia, e se esse realmente seria o melhor jeito de fazer com que ela não sofresse. A gestora da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca, afirmou:

"Sedada, a baleia passa a não ter mais sofrimento. Agora, através de um medicamento, inibimos seus neurotransmissores, ou seja, inibimos as reações do organismo do animal".

Acontece que o animal continuou vivo, e sofrendo cada vez mais, ele se encontrava em estado crítico, com muitos ferimentos e sangramentos. Isso quer dizer que o que tentaram fazer para diminuir seu sofrimento teve efeito contrario e só estava fazendo-a sofrer mais e mais.
Então foi aplicada uma dose maior no animal, e todos esperavam que dessa vez desse resultados positivos. Caso ocorresse tudo em seus conformes, a baleia seria enterrada num campo de dunas.
E felizmente foi o que aconteceu, a baleia morreu na terça (14/9), e foi retirada da praia através de um guincho, que a levou para outro local.

Uma curiosidade, é que o projeto da baleia franca, desconfia que ela estivesse “esperando para morrer”, pois quando ela estava lá, teve a ocorrência de uma maré alta, que a possibilitaria voltar para o mar, mas ela continuou lá.

Fico feliz por ela enfim ter partido, sem mais sofrimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário