sábado, 9 de outubro de 2010

O animal-planta: uma reflexão sobre o conhecimento científico

por Kamille,

No primeiro trimestre, na minha primeira equipe de Iniciação Científica, tivemos uma aula com a professora Gisele de ciências, que mostrou diversas curiosidades para nós, entre elas a descoberta de um animal que faz fotossíntese. Achei muito interessante, e decidi compartilhar com o blog.

Em 2008, investigadores de universidades norte-americanas e da Coréia do Sul, com a professora de bioquímica, Mary Rumpho-Kennedy, descobriram um animal-planta que leva o nome científico de Elysia Chlorotica ou simplesmente lesma do mar. É julgado animal-planta porque logo após comer uma alga, consegue fazer a fotossíntese, característica apenas das plantas, e isso dificulta o encaixe desse “animal” em um dos cinco reinos. Esse molusco tem apenas 3 centímetros de comprimento e vive na costa atlântica da América do Norte. Tem cloroplastos e organitos que o permitem fazer a fotossíntese, e quando se alimenta da alga, os cloroplastos da alga são adicionados em suas células. E só acontece pela passagem de genes da alga à lesma que fica permanente nas células do animal, e é transportada através de vírus, já comprovado. Essa passagem possibilita o animal a fazer a fotossíntese, produzir oxigênio, fixar dióxido de carbono, etc. O curioso é que quando isso acontece, ele fica verde e não deveria acontecer, pois teoricamente os cloroplastos deveriam ser digeridos, por exemplo, quando comemos alface, não ficamos verdes.
Esse animal ainda é estudado, pois procuram descobrir outros de seus mistérios, e em que reino o colocarão, porque além de ter diversas características de um animal, também tem das plantas.

Ao final desse trabalho, todos concluímos que devemos duvidar da ciência, mesmo quando afirmam algo, pois pode haver fatos incorretos. O homem que criou os reinos, tirou conclusões que no mundo existissem só animais com aquelas características, mas mal sabia ele que esse animal-planta fosse mudar isso, e provar que a ciência é incerta, que devemos duvidar dos fatos. Mas quem sabe este animal se criou com o tempo, como dizem da evolução do homem. Por isso, não devemos acreditar em tudo que nos falam, devemos saber procurar mais sobre o que é, como aconteceu, onde, etc. Devemos duvidar, pois nada é certo.

Fonte: http://divulgarciencia.com/categoria/elysia-chlorotica/
Créditos da imagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário