sexta-feira, 6 de maio de 2011

O preconceito na sociedade

por Bruna Veneski,

O preconceito é uma forma de agredir as pessoas, não só em atitudes como em palavras, pela sua cor mais escura ou mais clara, pelo jeito de se vestir, agir. O preconceito não é somente praticado por adolescentes, está também no meio dos adultos, pois começou antes mesmo de nascermos, no período em que os europeus iam para a África e para vários outros lugares.

Todo mundo já ouviu a frase “Diga não ao preconceito” ou “Preconceito não leva a nada”, mas nada é feito para que isso pare de ocorrer, o preconceito ainda continua na nossa sociedade.

Há vários tipos de preconceito, há preconceitos com pessoas que possuem alguma doença, como síndrome de down, preconceitos raciais, preconceitos com mais gordinhos, enfim, há várias formas de preconceito. Hoje em dia, é difícil pessoas que não sofram ou sofreram com algum tipo de preconceito.

O fato de ter preconceito é um ato bem errado, pois todos somos diferentes, temos vontades, famílias, religiões diferentes, o que não devia ser julgado, pois todos sabemos das diversidades culturais de cada povo, cada pessoa. Não gostar de brancos, negros, judeus, índios, católicos, evangélicos ou qualquer outra pessoa pelo seu modo de ser não vai trazer benefício nenhum para o mundo, às vezes só vai fazê-lo um lugar pior.

Não julgue uma pessoa antes de conhecê-la, pois a conhecendo você pode mudar de opinião. Cada um tem seu jeito de ser, de vestir, de andar, enfim, sua própria personalidade, somos todos seres humanos, portanto devemos respeitar uns aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário