quinta-feira, 30 de junho de 2011

Público da primeira parada gay de SP surpreende!

por Heitor,

"A organização da 15ª Parada do Orgulho LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) fez uma estimativa de 4 milhões de participantes na noite deste domingo (26), minutos após o fim do evento, no Centro de São Paulo. A PM, no entanto, disse não ter um balanço do número de participantes. Apesar da chuva, o público lotou a Avenida Paulista e a Rua da Consolação durante a festa, que teve início às 13h. O último trio elétrico deixou as ruas por volta da
s 18h30. Ao todo, 16 trios elétricos animaram o público." (http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/06/organizacao-estima-em-4-milhoes-publico-da-parada-gay-de-sp.html)

A grande questão desse assunto todo está na aceitação das pessoas que compõem o LGBT, é incompreensível o número de pessoas que mudam a preferência sexual de uma hora para outra. As pessoas nascem gays? O que as torna desse jeito? Será a mídia, os amigos, ou uma forma de aparecer?

Certas fontes nos mostram que, desde as antigas civilizações, já existia esse grupo de pessoas (LGBT), mas o assunto era tratado de uma forma mais pesada; entretanto, hoje, como vivemos numa sociedade que permite um beijo gay na Televisão, o assunto passa a ser normal, não só pra quem faz parte do movimento, mas também para as pessoas convivem com eles, ou seja, nós.


Créditos: http://www.revistanordeste.com.br/noticias/brasil/um+em+cada+quatro+brasileiros+tem+preconceito+contra+homossexuais-779

Nenhum comentário:

Postar um comentário