segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Tudo é vaidade


 por Heitor, 

Diz o maior homem do universo: "Vaidade de vaidades! É tudo vaidade. Que vantagem tem o homem  se possui grandes riquezas? Uma geração vai e outra vem,  mas a terra para sempre permanece. E nasce o sol, e põe-se o sol, e volta ao seu lugar, de onde nasceu. O vento vai para o sul e faz seu giro para o norte, continuamente vai girando o vento e fazendo seus circuitos. Todos os ribeiros vão para o mar, e, contudo, o mar não se enche. Todas essas coisas se cansam tanto, que ninguém o pode declarar, os olhos não se fartam de ver, nem os ouvidos de ouvir. Há alguma coisa que se possa dizer: Vê, isto é novo? Já foi nos séculos passados, que foram antes de nós. Eclesiastes 1 : 2-10 "

  A vaidade é  a expectativa de que as pessoas venham preencher as nossas necessidades. É também querer parecer alguma coisa, para ter uma resposta positiva dos outros. É fingir ser o que não é, ou o que nunca será, é querer ter algo só pra ganhar "ibope". Uma pessoa vaidosa é normalmente gananciosa, julga os outros por aquilo que vestem e deixa sempre a humildade de lado.

  Mas já que "uma geração vai, e outra vem", todos os bens ficam na terra pós sua morte, qual é a vantagem de ter tudo, e "não ter nada"?

 Eu fico impressionado com o que eu vejo no meu cotidiano, pessoas arrogantes, que buscam dinheiro excessivamente, cobiçam os bens dos outros, vejo crianças brigando por uma nota de real, e muitos julgando os outros pelos bens materiais.     

http://pt.wikipedia.org/wiki/Vaidade  
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pecado_capital_%28cristianismo%29  
Créditos: http://www.caiofabio.net/conteudo.asp?codigo=03256                                                                                                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário