terça-feira, 29 de novembro de 2011

Almas Gêmeas

por Cibele,
  

Dizem que, para cada pessoa no planeta, existe uma outra que é a sua metade, a que a completa por inteiro, que é o motivo de ela estar viva, a única coisa que a mantém na terra e não mais a gravidade, mas poucos encontram de verdade esse amor. Acredito eu que, em alguma hora da vida, nos encontramos sim com esse amor, podemos ou não ficar junto com ele, pode ser cedo, ainda lá na infância, ou na adolescência e motivos banais levam a nos separar. Ou na maturidade, ou talvez até lá nas últimas horas de vida, não importa quando a gente ache a nossa outra metade, pois alguma hora ela aparece. Dizem que, para o amor chegar, não há dia, não há hora e nem momento marcado para acontecer. Ele vem de repente e se instala, no mais sensível dos nossos órgãos, o coração.

            Começo a acreditar que sim, mas percebo também que pelo fato deste momento não ser determinado pelas pessoas, quando chega, quase sempre os sintomas são arrebatadores, vira tudo às avessas e a bagunça feliz se faz instalada, começamos a ver as coisas de outro modo, a sentir as coisas de outro jeito, a nos sentir feliz perto da pessoa amada. Quando duas almas se encontram, o que realça primeiro não é a aparência física, mas a semelhança das almas. Elas se compreendem e sentem falta uma da outra, é como se elas falassem além das palavras, entendessem a tristeza do outro, a alegria e o desejo, mesmo estando em lugares diferentes. Quando almas afins se entrelaçam, passam a sentir saudade uma da outra... Em um processo contínuo de aproximação, até não aguentarem mais separadas e necessitarem ficar juntas.

            Almas que se encontram podem extravasar toda a plenitude do amor, toda a alegria de amar e de querer compartilhar a vida com o outro, toda a emoção contida à espera do encontro final. Desejam coisas que se tornam quase impossíveis, mas tão simples de viver. Como ver o pôr-do-sol ou caminhar por uma estrada com lindas árvores, ver a noite chegar, ir ao cinema e comer pipocas, rir e brincar, brigar às vezes, mas fazer as pazes com um jeitinho muito especial. Amar e amar, muitas vezes, a mesma pessoa e continuar junto com ela sem que nada no mundo as separe, sem que a despedida se faça presente. Depois que Almas Gêmeas se reencontram, ficam marcadas, jamais conseguirão se separar. E, o mais importante, almas que se encontram jamais se sentirão sozinhas, entenderão, por si só, a infinita necessidade que têm uma da outra para toda a eternidade. As almas estarão unidas eternamente, não importa se os outros não aceitam, os outros são só os outros, não devemos ligar para as opiniões, se sentirmos que a pessoa a qual amamos é a nossa outra metade, e esta também sentir o mesmo, não o deixe escapar, pois pode ser seu futuro, o motivo pelo qual você está na terra, ficar junto com quem você verdadeiramente ama.



Nenhum comentário:

Postar um comentário