quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Você já ouviu falar em terapia holística?

por Carolina,

O homem não é apenas o corpo físico e perecível, o homem sente, pensa, e tais processos interferem em sua constituição. Enfim, a terapia holística propõe um novo conceito de saúde, utilizando métodos naturais, procurando as causas do problema ao invés de concentrar-se nos sintomas, ou seja, "trata o doente e não a doença".

Achei este assunto interessante, por se tratar de uma visão mais ampla do ser. A terapia holística é hoje a alternativa de tratamento de saúde que mais cresce no mundo. O aumento significativo desta procura é motivado principalmente pela forma como esta terapia enfoca o ser humano e seus problemas.

No trabalho holístico, o ser humano não se resume a um corpo físico, e sim é visto como um complexo composto basicamente de uma individualidade inteligente, chamada de corpo emocional, um corpo energético e um corpo físico, não podendo assim serem tratados individualmente.

A terapia holística busca despertar na pessoa o autoequilíbrio corpóreo, psico e social. Dentre as técnicas mais divulgadas no Brasil, estão o Do-in, Shiatsu, Yoga, Reiki, entre outras.

Aconteceu em Florianópolis, de 28 a 30 de setembro, no Centro de Eventos da UFSC, o primeiro Congresso Nacional de Visão Cientifica e Holística no Ambiente Hospitalar.

É um movimento de suma importância para a evolução do ser humano. Terapia holística está sendo reconhecida como ciência e tratamento complementar para a medicina tradicional.
No congresso, foram discutidos temas como:
- Saúde e espiritualidade
-Razão, emocional e ciência
-As terapias integrativas e complementares
-Organização hospitalares dentro da visão holística
-Entre outros assuntos de suma importância para a implantação destas terapias na área da saúde.
Na minha opinião, a forma como os cientistas estão tratando deste assunto atualmente nos faz crer na evolução da medicina.

Fonte: Site de massoterapeuta corporal Ronaldo Cardim. http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/conteudo.asp?id=1224
Autora: Carolina Ruiz Simões 

Nenhum comentário:

Postar um comentário