quarta-feira, 25 de abril de 2012

OF MONTREAL - Aqui vai uma dica


por Luiz Henrique,
 
Of Montreal é um banda Estadunidense (Geórgia) formada em 1997 por Kevin Barnes; que até então já teve muitos integrantes, alguns deles (eram mais de onze) já não estão atualmente na banda, mas os que ainda permanecem são: Kevin (vocalista), Dottie (tecladista), Bryan (guitarrista),Davey (efeitos especiais), James (baixo – efeitos especiais) e Ahmed (baterista – guitarrista de apoio). Fora as muitas parcerias que a banda fez ao longo do tempo em seu 27 trabalhos, que incluem seus álbuns, colections e singles.

É uma banda muito original que tem seu estilo musical mais voltado ao Pop num geral, e varia então indo ao Pop psicodélico, Pop barroco, Rock-psicodélico, Indie Pop etc. É uma boa sugestão para quem gosta muito desses estilos musicais e está à procura de uma boa música, por que a banda tem ótimas melodias, ritmos animados e um belo vocal.

Recentemente (dia 27 deste mês) a banda lança seu novo disco, o “ParalyticStalks”, com 9 novas músicas do grupo, porém, lhes indico outra do álbum “Hissing Fauna, AreYoutheDestroyer?” chamada “She’s a Rejector” por que é uma das minhas favoritas, espero que gostem da banda.

Novo Álbum:




                                                                 

segunda-feira, 23 de abril de 2012

O Paul está chegando!!!!!!!



 por Mariana, 

 Como muitos sabem, o ex-beatle Paul McCartney irá realizar um show aqui em Floripa, dia 25/04 no Estádio da Ressacada.
  Mas não é a primeira vez que Paul bota seus pés no Brasil, ele já realizou vários shows por aqui, dê uma olhada:

•       1990 - Tocou pela primeira vez no Brasil, no estádio de futebol Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro;

   •        1993 - Paul voltou ao Brasil fazendo uma "mini-turnê" em São Paulo e Curitiba;

•       2010 - Veio ao Brasil pela terceira vez, fazendo um show em Porto Alegre e dois em São Paulo;

•       Em 2011 - Paul veio ao Brasil pela quarta vez, no Rio de Janeiro no Estádio Engenhão;

•       2012 - Paul volta ao Brasil, apresentando-se no Estádio do Arruda, em Recife.

Durante a apresentação,  Paul irá cantar várias das conhecidíssimas músicas dos Beatles, entre elas:  Yesterday, Drive My Car, Hey Jude, Let It Be, Ob-La-Di, Ob-La-Da, Something, BlackBird, Hello, Goodbye, All My Loving, entre outras.

O preço do ingresso varia de 280 até 760, e meia entrada de 140 até 760, como mostra a imagem:

  
Então, aproveite o show, pois não se sabe qual a próxima vez que Paul McCartney voltará para o Brasil.
Valeu galera!

Referêncisa:

domingo, 22 de abril de 2012

A guerra do Chaco

por Bruna,

            Como primeiro assunto do ano na disciplina de geografia falamos um pouco sobre fronteiras. Então o professor mandou de trabalho para casa procurar fronteiras que tivessem sido estabelecidas por meio de conflitos. Depois de procurar um pouco achei uma, que está mais perto do que agente pensa, aqui mesmo na América do sul e aqui está o texto que escrevi sobre a guerra pela região do Chaco:
 A guerra do Chaco foi uma disputa entre Bolívia e Paraguai pela região de Chaco Boreal, que durou de 1932 a 1935. A Bolívia, que já tinha perdido a saída para o oceano Pacífico para o Chile e o Acre para o Brasil, estava de olho no acesso ao oceano Atlântico usando o Rio Paraguai, mas para isso precisava ocupar o Chaco, território até então pertencente ao Paraguai .Para piorar,o a situação da Bolívia ela sofreu um golpe de estado,derrubando o presidente. E a crise no capitalismo também começou a atingi-la.           
            A descoberta de petróleo nessa região foi um fator muito importante para o “estourar” da guerra, então em junho de 1932 as tropas bolivianas entram na região do Chaco mesmo sem a autorização do presidente. O exército paraguaio mesmo em menor número era mais moderno e “experiente”, assim ganhando uma forte vantagem. 
          Então em junho de 1935, depois de vários erros do exército boliviano, como jogar uma bomba no próprio exército, e a impossibilidade de mandar reforços,combinados com o cansaço e a fome e a superioridade da marinha do Paraguai. O Paraguai vence a Guerra aniquilando boa parte do exército boliviano.
            Então em julho de 1938 os países chegaram a um consenso num acordo de paz, onde ficou estabelecido que o Paraguai ficaria com ¾ do Chaco e a Bolívia ficaria com ¼, esse acordo foi mediado por um grupo de países liderado pela Argentina.
Na verdade, para mim essa guerra foi uma boa tentativa da Bolívia de se salvar,mas foi mal planejada. E por motivos não concretos, pois no fim os dois países passaram por uma crise pós-guerra e descobriram que o petróleo, que foi o um dos maiores motivos da guerra, não existia, por tanto talvez se eles tivesse planejado um pouco mais essa guerra nem aconteceria, o que seria bom na época e, talvez, pouco refletisse no hoje.
Fontes:

quinta-feira, 19 de abril de 2012

MAB – MOVIMENTO DOS ATINGIDOS POR BARRAGENS


 por Luiz Henrique,

Em nossas discussões de Iniciação Científica, um assunto totalmente relacionado com a temática da pesquisa é o do movimento dos atingidos por barragens (MAB) e então quero compartilhar com os demais blogueiros sobre esse movimento, que já está a muito tempo na nossa sociedade:
Há mais de trinta anos no Brasil a produção de energia elétrica é cada vez maior, e há trinta anos toda essa demanda da produção é feita de modo hidráulico, ou seja, por meio de hidrelétricas. Esse processo trás ao país muitos lucros, pois o meio usado para a obtenção da energia é barato (e a taxa pela eletricidade é uma das maiores do mundo); mas também trás muitos problemas sociais decorrentes dessa mesma prática, que destrói muitas cidades e desaloja milhares de pessoas.

No Brasil, os recursos hidrográficos estão em abundância por todo o território, o que incentiva ainda mais a construção das hidrelétricas, de pequeno ou grande porte e suas barragens, que precisam de uma área extensa para que a represa seja construída e acompanhe o nível dos rios, então alagando uma área enorme de terra, compatíveis (ou maiores) ao tamanho de Florianópolis (aproximadamente, 433,317 km²). Mas o grande problema porém, é que nesses espaços, onde se tem um maior interesse de construir as barragens, há uma população, há cidades nos locais, impedindo o avanço das obras e consequentemente tendo que fazer acordos com o povo que vive ali para que saiam do local e continuem suas vidas em outro espaço, acordos com fins justos indenizatórios para que a população não saia lesada (essa é a expectativa, não a realidade).

Apenas três de cada dez famílias “atingidas” pela construção da barragem (conceito que ainda não fora definido pelo governo e que não está em uma lei clara que garanta os direitos dos atingidos) não recebem indenização suficiente para recompensar a perda e retomarem  suas vidas em outro lugar, perdendo os laços com sua terra (não só pelos costumes, mas também por que muitos deles vivem à base da agricultura), tendo uma mudança no seu cotidiano, ficando sem referências de sua cultura e mal podendo fazer nada para impedir a construção das barragens. A não ser, que tentem provar que sua terra é digna de algo realmente valioso, para que se possa repensar no avanço das obras; que na maioria das vezes (a grande maioria) não acontece desse jeito.

Para isso, na década de 1970, esses atingidos se juntaram e formaram um movimento social, este chamado de MAB que tem em seu objetivo defender os direitos dos atingidos por barragem e lutar por uma baixa taxa de luz e água para a população. Esse movimento está não só no Brasil, mas como no mundo todo, é internacional, isso quer dizer que há milhares de pessoas no mundo lutando pelos seus direitos como cidadão e/ou apoiam a causa para que não ocorram mais tantos problemas decorridos da criação de das hidrelétricas (o processo de conquista é lento, e em tempos já fora usada a base da força em conflitos do movimento; mas hoje lutam de uma forma pacífica pelo direito de todos).

Para mais detalhes, acessem: http://www.mabnacional.org.br/ (site oficial do movimento).Espero que então possam ter entendido a causa, e a apoiem.

sexta-feira, 6 de abril de 2012

A páscoa está chegando!!!

 Por Mariana,

Quando você ouve a palavra páscoa, no que você pensa? Chocolates, cestas, coelhos, gostosuras... mas não é bem assim! A páscoa, na verdade, para os cristãos é uma data em que se celebra  a Ressurreição de Jesus Cristo, depois da sua morte por crucificação.

A palavra páscoa originou-se do hebraico ''Pesach'', que significa passagem. Sempre caindo em um domingo, a páscoa atualmente tem como símbolos mais marcantes o ovo e o coelho.

Mas porque esses símbolos?
O coelho, por conta de sua fertilidade, representa a reprodução, o nascimento, e o ovo, no mesmo contexto, representa a expectativa de novas vidas.

Antigamente, a páscoa era comemorada apenas pelos cristãos, porém, atualmente a grande maioria comemora-a comendo ovos de chocolate, doces e guloseimas.
Em minha opinião, a páscoa é um feriado muito bom! Além de passarmos o dia em família nos deliciamos com todos os chocolates, além de aproveitarmos repensarmos nossas atitudes, pois páscoa também é a passagem – e passagem para uma vida melhor! Então, aproveite bem a sua páscoa!


Fonte:
http://www.portaldafamilia.org/datas/pascoa/pascoasimbolos.shtml