sexta-feira, 28 de junho de 2013

Da minha janela vejo

por Lucas Cardoso,


        
   Da minha janela vejo meus amigos se divertindo na rua jogando futebol, vôlei, enfim, brincando. Às vezes eles vêm me chamar para jogar com eles, mas não vou, pois eles são de um jeito comigo e de outro jeito com seus amigos, eu não gosto de atitudes assim, pelo menos acho isso chato, não sei você.

   Da minha janela vejo meu cachorro latindo para outros cachorros de dentro do terreno, eu acho incrível como são esses cachorros quando estão dentro do terreno,ficam latindo chamando a atenção dos outros cachorros para brigar, mas quando eu os solto eles ficam com medo dos outros cachorros e saem correndo, às vezes fico rindo sozinho em casa por causa disso.       
                                                                                                                                                        
    Da minha janela vejo carros passando, buzinando para os conhecidos, um desses conhecidos sou eu, pois sou uma pessoa muito educada.

    Da minha janela vejo meu primo me chamando para jogar vôlei com ele. Eu vou, pois ele é meu primo e eu gosto dele, e ele sabe jogar vôlei, diferente dos outro amigos. Sempre que cansamos vamos para a casa dele ficar jogando computador.

    Da minha janela vejo meus amigos tomando bronca do vizinho por acertar muitas vezes a bola no portão fazendo assim muito barulho. 


    Incrível o que pode acontecer na frente da janela de um quarto, tantas coisas diferentes. Nunca tinha parado para pensar nas tantas coisas que podem acontecer na frente de uma casa.

Créditos da imagem:
 http://minhadosediaria.blogspot.com.br/2010/06/quando-o-sol-bater-na-janela-do-teu.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário