sábado, 15 de junho de 2013

Diários

por Cláudia Spaniol,


Diários já foram e ainda são de extrema importância para muita gente. Neles você pode desabafar, escrever coisas pessoais e confidenciais, planos para o futuro, lembranças do passado, desejos, medos, esperanças, e tudo que vier em mente.

 Uma ideia é combinar com os amigos de escrever tudo o que pensa, o que sente, e o que deseja na atual fase da vida, e enterrar seus diários, por exemplo, no quintal da sua casa, ou simplesmente deixá-lo esquecido por um tempo no fundo de uma gaveta qualquer. Assim, criando uma  cápsula do tempo, para que, no futuro, juntos, vocês desenterrem e percebam em que pontos houveram mudanças, em que pontos houve um amadurecimento, e diversos outros aspectos, além de ser divertido fazer isso na companhia de seus amigos.

Um exemplo significativo da importante função que um diário pode ter foi o caso de Anne Frank, que durante a Segunda Guerra Mundial, usou seu diário como ponto de fuga para tentar fugir da realidade, sem o diário teria sido muito mais difícil suportar a vida no porão de uma casa no qual tinha que ficar refugiada, simplesmente sobrevivendo, com a esperança de que a guerra terminasse. E além do mais, suas escritas serviram como importante fonte história para podermos compreender melhor e de um ângulo diferente o que se passava em uma época tão difícil.

Com o avanço do mundo, com o surgimento de novas tecnologias, o diário também evolui. Antigamente era muito comum o uso de qualquer caderno para registrar seus sentimentos, porém hoje, com o avanço tecnológico, já existem até diários para serem usados no celular, como por exemplo vários aplicativos que podem ser encontrados para download na Apple Store, e com o uso destes, é possível não apenas registrar palavras, mas também fotos e vídeos!


Mas como as pessoas estão cada vez mais atarefadas e perdendo seu tempo com futilidades, muitas vezes hábitos como escrever em um diário ficam para trás. Então você, para não deixar essa atividade se perder no tempo, por que não começa a registrar sua vida em um? Já pensou?

Créditos da imagem:

Nenhum comentário:

Postar um comentário