sábado, 16 de novembro de 2013

Império Bizantino: Decadências e Reconquistas

por Yanka,

A formação do Império Bizantino ocorreu no século IV no ano de 330, e sua capital era Constantinopla – fundada pelo Imperador Constantino. Sua localização ficava entre a Ásia e a Europa. O Império tinha muita influência Romana e também, de culturas árabes. Sua população era composta por principalmente por sírios, judeus, gregos e egípcios.

O Império Bizantino ficou conhecido por muito tempo por Império Romano do Oriente por ter sido um dos Estados mais fortes e poderosos do mundo mediterrâneo.

Com a invasão de povos germânicos no século IV, o Império se enfraqueceu em relação ao seu poder no Ocidente, causando a fragmentação de seus territórios nessa área. Já no século VI, durante o governo de Justiniano (527-565), a cidade de Constantinopla viveu a Revolta de Nika, que ocorreu no ano de 532. Um forte motivo para a insatisfação crescente da população contra o governo eram os altos impostos que o Imperador cobrava sendo utilizados para cobrir as despesas, mantendo as guerras e a vida luxuosa desfrutada pela corte de Justiniano. A revolta resultou em aproximadamente 30 mil mortes.

No século VI, o Império Bizantino recuperou a Síria, Egito e Palestina. A reconquista desses territórios não durou, pois entre o século VI o século X, o Império sofreu ataques de povos germânicos, búlgaros e persas. O Império de Basílio II derrotou esses povos, mas mesmo assim, no século XI, ocorreram mais ataques e invasões, como a dos turcos seljúcidas em 1071 no Oriente Médio.

Após as invasões, ocorreu a separação do Ocidente cristão devido ao cisma de 1054, aberto entre a Igreja Ortodoxa e o Papado. Na cruzada de 1096-1099, o Império Bizantino recuperou alguns territórios da Ásia Menor, mas depois, teve sua decadência. No século XIV começou a invasão dos turcos Otomanos: em 1354 se estabeleceram em Galípoli; em 1362 ocuparam Adrianóplis; em 1422 sitiaram Constantinopla sem sucesso; em 1430 dominaram Tessalônica e em 1453 tomaram Constantinopla sob o comando do Sultão Maomé II.

Constantinopla foi reconquistada dos latinos pelo Império Bizantino em 1261 e foi fundada a dinastia dos Paleólogos. O Império teve seu fim em 1453, deixando-se conservada por muitos anos a tradição intelectual bizantina.

Referências:

Nenhum comentário:

Postar um comentário